segunda-feira, 12 de março de 2012

Projeto "Um olhar sobre Frexeiras"


video

Localização do Distrito de Frexeiras

video


                                                      Localização do Distrito de Frexeiras

    Frexeiras Distrito da cidade de Escada Encontra-se na Zona da Mata sul de Pernambuco. Localizado a 15 km da cidade da Escada e a 78 km da capital do estado (Recife).
No início segundo informações, havia cerca de 200 a 300 pessoas morando neste lugar, hoje a média é de 8000 mil habitantes, distribuído entre a Vila e engenhos.
    Está em uma altitude de 100 metros acima do nível do mar e encontra-se dentro da Zona canavieira, onde também tem proximidade com a planície litorânea.
    Seu clima é quente úmido. A brisa que sopra do mar suaviza a temperatura que em média é de 28º C, onde o período chuvoso ocorre entre os meses de março a agosto.
    A vegetação foi quase 100% desmatada, restam em algumas localidades, vestígios da Mata Atlântica que foi destruída para dar lugar aos grandes canaviais.
    Frexeiras está numa das regiões mais férteis do estado, a Zona da Mata, pois nela predomina o solo massapê, favorável a cultura da cana-de-açúcar, que desde a antiguidade é uma das principais atividades econômicas da região.

Obs.: Coloca a fala de algumas pessoas, que possam falar sobre a localização de Frexeiras, em relação ao Recife e Escada. E também como é morar em Frexeiras.

Os Barões de nossa terra

video
                                                           

                                                           Os Barões de nossa terra

    O Distrito de Frexeiras, sendo localizado na Zona canavieira, era comum passar pelos engenhos Barões que fizeram história em nosso município.
    Dentre alguns destacam-se dois Barões:
    Antônio Epaminondas de Barros Correia, primeiro e único Barão de Contendas, nasceu na Povoação de Altinho,na Província de PE em 1839. Faleceu em seu engenho Contendas no município de Escada, nessa província em 13 de Abril de 1905. Membro de importante família, de origem portuguesa, estabelecida em Pernambuco. Casou com Maria José Alves de Araújo, Baronesa de Contendas, nascida  em 1855 e falecida a 1940, filha de Antônio Alves da Silva e de Antônia Alves de Araújo (Barões de Amaraji), onde tiveram treze filhos.
Era formado em direito pela Faculdade de Recife, foi Promotor de Caruaru e presidiu a província de PE em 1882 – 1883. Era agricultor e grande influencia política.  Foi presidente de Pernambuco entre 1891 e 1892. Recebeu o título de Barão pouco antes do fim do Império, em 20 de julho de 1889.
Epaminondas também foi avó de um dos maiores artista mundial na pintura o celebre Cícero Dias, ele é neto do Barão de Contendas pelo lado materno.
Outro Barão que por aqui passou foi.
O Barão de FREXEIRAS, Antonio dos Santos Pontual que nasceu na província do Pernambuco e faleceu na dita província em 1895. Era filho de João Manuel Pontual e de Theresa dos Santos Pontual. Era irmão do barão de PETROLINA. Casou com sua prima Francisca Dias dos Santos Pontual, natural de PE, filha de André Dias e irmã do barão de JUNDIÁ. Era agricultor e proprietário de usinas na província de PE.
    Esses são um dos Barões que passaram pela cidade da Escada, onde administravam a economia da cana-de-açúcar para o desenvolvimento da região. Tornando assim Frexeiras um dos centros importantes da região.